informática na medicina

Evoluções na medicina viabilizadas pela informática e tecnologia

Em meio à pandemia que enfrentamos, que nos colocou em uma quarentena prolongada, a tecnologia tem sido a principal aliada da medicina, uma vez que possibilitou que os profissionais se reinventassem e atendessem às novas demandas de prevenção à Covid-19 e ainda praticassem seus ofícios com segurança.

Neste artigo você conhecerá quatro mudanças recentes que trouxeram a melhora das práticas médicas através da tecnologia e a informática na medicina. Continue a leitura!

A importância da tecnologia na medicina

A evolução da medicina proporcionada pela tecnologia ao longo dos anos é incontestável. A todo momento são criados novos procedimentos, equipamentos e uma infinidade de coisas ligadas à saúde, que qualificam as ações de prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças e outras condições médicas.

Hoje a tecnologia em saúde é essencial para a vida, pois atua em todas as vertentes do processo de atendimento e cuidado por meio de inovações que proporcionam, inclusive, a quebra de barreiras entre profissionais da saúde e seus pacientes, que podem ser atendidos e acompanhados mesmo à distância.

Falaremos a respeito dessa revolução proporcionada pela informática na medicina a seguir.

As evoluções tecnológicas na medicina

Telemedicina

A telemedicina é um processo avançado para monitoramento de pacientes, troca de informações médicas e análise de resultados de diferentes exames, por meio de dispositivos eletrônicos, como computadores, tablets e smartphones.

Estes exames são avaliados e entregues de forma digital, dando apoio para a medicina tradicional. A telemedicina já é utilizada em todo mundo, de forma segura, legalizada e de acordo com a legislação e as normas médicas.

Vantagens da telemedicina:

  • Reduz a necessidade de deslocamento de pacientes a hospitais.
  • Amplia o contato entre médicos e pacientes.
  • Mais facilidade no acesso a especialistas e profissionais de referência.
  • Facilita a troca de informações entre os serviços de saúde.
  • Facilita a realização de exames, que podem ser feitos em clínicas e postos de saúde.
  • Melhora a qualidade dos laudos emitidos e agiliza a entrega.

Wearebles devices

Em português, o termo wearable devices significa “tecnologias vestíveis”, ou seja, os wearebles devices tratam-se de dispositivos eletrônicos que podem ser acoplados em peças de roupas e acessórios, como relógios, pulseiras e até smartphones, com a função de monitorar dados do paciente por um período de tempo.

Embora pareça algo novo, essa ferramenta já está no mercado há algum tempo e é usada especialmente no segmento fitness para contagem de passos e quilômetros percorridos em uma corrida, gasto calórico e batimentos cardíacos, por exemplo.

Com os avanços tecnológicos, os wearable devices passaram a ser ótimos aliados da saúde e medicina.

Nos hospitais, eles já auxiliam na agilidade dos atendimentos, uma vez que os médicos conseguem acompanhar pacientes a distância, ganhando tempo para cuidar daqueles que precisam de acompanhamento presencial frequente.

Outro ponto positivo é a possibilidade de atendimento home care, especialmente para idosos e outras pessoas com dificuldades de locomoção, que podem ser acompanhados de casa por profissionais usando um pequeno dispositivo.

Comunidades médicas online

No Brasil, milhares de pessoas sofrem com doenças tratáveis e que muitas vezes não são diagnosticadas ou demoram anos para receber um diagnóstico correto.

Geralmente, isso não ocorre por falta de avanços na ciência, mas simplesmente porque muitos médicos não têm acesso facilitado a todo o conhecimento disponível e constantemente atualizado.

E é aí que a informática na medicina entra como um divisor de águas, que possibilita um universo de possibilidades de cura e tratamento de pacientes com as comunidades médicas online, que nada mais são que espaços virtuais onde médicos e profissionais da ciência e saúde compartilham conhecimentos, disponibilizando grandes acervos de conteúdos médicos e constantemente atualizados, que certamente contribuem para diagnósticos mais rápidos, precisos e cruciais na preservação de vidas.

Diagnósticos personalizados

A matéria Avanços na Medicina do blog Clínica nas Nuvens elenca que a maioria dos medicamentos e tratamentos é desenvolvida por meio de dados obtidos de pessoas com características comuns, como pessoas de determinada faixa etária e nacionalidade.

No entanto, esse mesmo tratamento passa a ser aplicado em todo mundo e, consequentemente, em pacientes que contam com uma genética completamente diferente daqueles em que o teste foi realizado.

Hoje em dia, em razão da utilização da realidade aumentada e das facilidades de armazenamento e de compartilhamento de informações pela internet, já há a possibilidade de realizar diagnósticos mais personalizados por meio da obtenção de dados muito mais precisos sobre os pacientes e suas patologias.

Gostou de saber mais sobre a tecnologia aplicada e a informática na medicina? Então não deixe de acompanhar o blog da A2Works para ter acesso a mais conteúdos relevantes e entre em contato com nossos especialistas para saber como podemos ajudá-lo a integrar mais facilidade nas práticas médicas, caso sua empresa seja da área da saúde, com a locação de equipamentos de TI.

Fontes:

Portal Telemedicina Media Lab

Deixe uma resposta